sábado, 17 de dezembro de 2011

Três conceitos fundamentais da Arquivologia

 

Pessoal, sejam bem vindos ao blog que trata da Arquivologia de Concursos!

 

Vamos apresentar 03 conceitos fundamentais da Arquivologia, cobrados sempre nas provas de concursos públicos. Trata-se de uma leitura rápida e simples, porém completa nos seus termos.

Bons estudos.

 


papiro

Papiro: suporte primitivo dos primeiros documentos


 

1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ARQUIVOLOGIA

Primeiramente, é importante saber que a Lei no. 8.159/91 dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados. Trata-se de uma fonte primária sobre o estudo de arquivologia para concursos públicos em razão de fornecer diversos conceitos fundamentais.

Apresentaremos, de modo prático e direto, os principais conceitos fundamentais cobrados nas provas de concursos públicos cuja disciplina é arquivologia.

 

1.1 Arquivo

Há muitos conceitos para definir o que vem a ser arquivo, vamos apresentar os principais:

 

  • Podemos entender que um arquivo, de acordo com o artigo 2º. da Lei nº 8.159/91, é o conjunto de documento produzido e recebido por órgãos públicos, instituições de caráter público e entidades privadas, em decorrência do exercício de atividades específicas, bem como por pessoa física, qualquer que seja o suporte da informação ou a natureza dos documentos;

 

  • Segunda a Heloísa de Almeida Prado, arquivo é toda coleção de documentos conservados, visando sua utilidade que poderão fornecer no futuro.

 

1.2 SUPORTE

É a base onde se encontra determinada informação ou documento, ou seja, devemos entender como suporte de documento qualquer meio que a informação esteja fixada.

Suporte é o local onde se registra qualquer informação. São exemplos de suporte: papel, diapositivo (famosos slides), negativos de fotografia etc.

 

1.3 GESTÃO DE DOCUMENTOS

De uma maneira objetiva, gerir documentos deve ser entendido como o constante no artigo 3º. da Lei no. 8.159/91, ou seja, trata-se do conjunto de procedimentos e operações técnicas à sua produção (de documentos), tramitação, uso, avaliação e arquivamento em fase corrente e intermediária, visando a sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente.

 

 

 

 

Provas de informática explicadas?
Clique aqui.

Um comentário: